Postagens

Newsletter

Imagem
Julho  2021 O mês de julho que se avizinha traz uma atividade que tem estado no forno nos últimos meses: a nossa  International Summer School ! Entre os dias 5 e 9 de julho, o  Lisboa  Incomum irá receber o  collective   lovemusic , o ensemble DME, os compositores Valerio Sannicandro, Jaime Reis e Carlos Caires, bem como os jovens compositores seleccionados, oriundos de uma dezena de países, numa semana que irá contar com três concertos e duas conferências abertas ao público.   Mas antes disso, o Festival DME apresenta um concerto em parceria com o Festival Seia Jazz & Blues, que irá contar com a presença de Filipe Raposo & Rita Maria, no dia 4 de Julho, às 17:00, no C.I.S.E. Centro de Interpretação da Serra da Estrela, em Seia. No final do mês, de novo no  Lisboa  Incomum, temos o prazer de receber os alunos do Conservatório de Música de Santarém, no dia 17 de julho, e o trio de Guilherme Rodrigues, Carlos Zíngaro e Luís Oliveira, no dia 30 de julho.  http://

Luísa Gonçalves || Guilherme Rodrigues · Carlos Zíngaro · José Oliveira

Imagem
30 Julho | 19h30 |  Lisboa Incomum PARTE I Luísa Gonçalves | Piano PARTE II Guilherme Rodrigues · Carlos Zíngaro · José Oliveira Na infância saltávamos à corda. Agora as cordas saltam, os tambores metem-se na conversa e a música faz-se assim, de súbito, improvisada, com uma escuta atenta.  Diálogo entre a razão e a emoção, exercício de convocar todas as memórias. Ou de as esquecer de novo. - Texto de José Oliveira Luísa Gonçalves | Piano Guilherme Rodrigues | Violoncelo Carlos Zíngaro | Violino José Oliveira | Percussão Entrada gratuita mediante reserva para o e-mail lisboaincomum@gmail.com

Residência Artística DME na Fábrica da Criatividade · Quartz Quintet | Gonçalo Pescada | Tiago Oliveira

Imagem
  21 - 30 Junho | Fábrica da Criatividade O Festival DME tem o prazer de anunciar duas Residências Artísticas na Fábrica da Criatividade, Castelo Branco.  O Quartz Quintet,  e o acordeonista Gonçalo Pescada estarão em residência, de modo a trabalhar peças de três jovens compositores: Marta Domingues (2000) Francisco Rosa (2000) Ricardo Almeida (2000) O trabalho será feito sob a direção do Maestro Tiago Oliveira. Esta residência conta com alunos da Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco e alunos da Escola Superior de Música de Lisboa. Este é o resultado de parecias estabelecidas entre o Festival DME e ambas instituições de ensino, com o apoio da Cultura Vibra, Fábrica da Criatividade e DGARTES. - Quartz Quintet -  Quartz Quintet é um grupo fundado em 2017 constituído por David Seixas, Sara Martins, José Fangueiro, Diogo Martins e Ana Filipa onde são interpretadas obras maioritariamente contemporâneas. Têm como principal objetivo apresentar-se em concerto, divulgando o repe

Laboratório de Música Mista José Luís Ferreira | ESML

Imagem
  Laboratório de Música Mista José Luís Ferreira | ESML 23 de junho | 19h30 | Lisboa Incomum    O Laboratório de Música Mista José Luís Ferreira da Escola Superior de Música de Lisboa apresenta-se no Lisboa Incomum dia 23 de junho, quarta-feira, pelas 19h30.  - PROGRAMA - Rodolfo Valente -  Refúgio (2016) Para Violoncelo (Florêncio  Manhique)  e Eletrónica Mariana Vieira -  Reflexo  (2017) Para Tuba (Filipe Santos) e Eletrónica Encomenda da Arte no Tempo para o projecto “Nova Música para Novos Músicos”. Curta miniatura didática onde a relação entre um gesto instável, composto de pequenos sons sobrepostos, e um gesto longo, ressonante, formam a dicotomia que dirige a peça. Ambos coexistem, sendo a sua predominância desencadeada pelo material musical apresentado pela tuba. Marta Domingues -  Mantra (2020) Violoncelo (Pedro do Carmo), Contrabaixo (Fábio Pascoal) e Eletrónica Esta peça parte de um cântico tradicional indiano, Samaveda, cujaintenção primária é o esvaziamento da mente, de fo

Quarteto Improvisação

Imagem
    QUARTETO RODRIGUES, SILVA, SÁ E GONÇALVES | 01 JUN |19H30 Lisboa Incomum O Lisboa Incomum recebe o quarteto formado pelos incríveis músicos Ernesto Rodrigues, Joana Sá, Luisa Gonçalves, e Carlos Santos, num concerto de música improvisada, no Lisboa Incomum. Entrada gratuita, mediante reserva para o email lisboaincomum@gmail.com . Máscara ou viseira obrigatória para a permanência no espetáculo. Biografias Ernesto Rodrigues (Lisboa, 29/08/1959) Violetista português. Começou a estudar música aos 5 anos sob a orientação do maestro Wenceslau Pinto. Frequentou o curso de violino do Conservatório Nacional. A partir de 1977 inicia as suas incursões na música improvisada “não idiomática” assim como em todos os géneros musicais, desde a música contemporânea ao free jazz e música improvisada, ao vivo e em estúdio. A relação com seus instrumentos é focada em elementos sonoros e texturais. A música eletrónica foi uma influência precoce na sua abordagem ao violino, que desafia os conceitos româ

Trio DDK. Demierre-Dörner-Kocher

Imagem
TRIO DDK . DEMIERRE-DÖRNER-KOCHER | 09 JUN | 21H Lisboa Incomum O trio Demierre-Dörner-Kocher é constituído por três importantes figuras na cena da música improvisada europeia, Jacques Demierre no piano, Axel Dörner no trompete, e Jonas Kocher no acordeão. A estreia do trio deu-se no Festival Météo Mulhouse em 2014. O trio toca música improvisada totalmente focada no momento presente, uma música aberta a acidentes e situações inesperadas. Sem se limitarem a qualquer idioma estilístico, a música do Trio é gerada através de atividade auditiva intensa entre os três músicos, e cobre uma vasta gama dinâmica desde o silêncio, até a erupções sonoras. Desde 2014, estes três músicos tiveram a oportunidade de apresentar o seu trabalho em locais como o Festival Météo Mulhouse, Exploratorium Berlin, Music Salon Zagreb, Zavod Sploh Ljubljana, Curva Minore Palermo, Festival Imprudences Paris, Cave12 Genève, Instants Chavirés Paris, DOM Moscow, Theses Festival Kemerovo, SuperDeluxe Tokyo, e muitos ou

Sarah Saviet | 29 Abril | ESML

Imagem
 Sarah Saviet | 29 Abril | ESML Antes do seu Recital no Lisboa Incomum dia 29 de Abril, a Sarah Saviet esteve à conversa com os alunos da Escola Superior de Música de Lisboa sobre ser uma instrumentista de música contemporânea e técnicas estendidas para violino, com referência ao programa do seu recital, com obras de Rebecca Saunders, Liza Lim, Cassandra Miller, Catherine Lamb e ainda improvisações da violinista. Aqui ficam alguns registos da conferência: