DME 27

Festival DME 
27 | 45


Dias de Música Electroacústica
7-8 Abr 2016 | Casa Municipal das Artes - Conservatório de Música de Seia

Trata-se da 27ª edição do Festival DME a decorrer na região da Serra da Estrela e a 45ª de todas as edições que decorreram desde a primeira edição do festival (em 2003, em Cracóvia), em lugares como: Brasil, Filipinas, Madrid, Lisboa, Porto, Algarve, e.o.

Esta edição surge através de uma colaboração com o festival Aveiro_Síntese 2016: http://www.artenotempo.pt/pt/projectos/aveiro-sintese

Trata-se da "primeira digressão do trio Ruído Vermelho em Portugal - a primeira organização conjunta da Arte no Tempo com o Atelier de Composição. Composta por Francesco Dillon (violoncelo), Nuno Aroso (percussão) e Luís Antunes Pena (electrónica), esta singular formação passará por Aveiro, Castelo Branco, Seia e Porto, com obras de Luís Antunes Pena, Pedro Junqueira Maia, Milica Djordjevic, Caspar Johannes Walter e Norbert Fröhlich, todas do século XXI e parte delas em estreia nacional, incluindo ainda a improvisação colectiva 'Narcissistic Rooms."
(https://www.facebook.com/events/608360702644424/)

Conta também com "um concerto monográfico do compositor britânico Michael Edwards (Cheshire, 1968). Nele participam o saxofonista Henrique Portovedo e o guitarrista Hugo Simões, alternando peças mistas com outras apenas para electrónica sobre suporte, percorrendo um período de vinte anos de composição (1993 – 2014)."
(https://www.facebook.com/events/757752667692859/)





PROGRAMA

Quinta-feira, 7 de Abril 
19h 

Ruído Vermelho
Francesco Dillon (violoncelo)
Nuno Aroso (percussão)
Luís Antunes Pena (electrónica)


Caspar Johannes Walter, Studie Über Obertonspiegelungen (2001) 9'

Violoncelo, ondas sinusoidais e copos



Norbert Fröhlich, Zärtlichkeiten ungenau ... 7'

 Vibrafone



Luís Antunes Pena, Tracking Noise #1 (2016) 8'
Performance para sintetizador analógico

Milica Djordjevic, Fail (2012) 7'
Violoncelo e electrónica

Ruído Vermelho, Narcissistic Rooms (2016) 15'
Música improvisada para violoncelo, percussão, corpos ressonantes e electrónica

Luís Antunes Pena
Luís Antunes Pena
Luís Antunes Pena, Francesco Dillon, Nuno Aroso
Luís Antunes Pena, Francesco Dillon
Nuno Aroso
Sexta-feira, 8 de Abril
21h

Michael Edwards
Henrique Portovedo (saxofone)
Hugo Simões (guitarra)


anonymous obvious - aka several instrumental structures to annoy ludi (2000) :: electrónica sobre suporte, 4 canais, ca 13’

their faces on fire (2013-14) :: saxofone barítono e computador, ca 8’

thick (1999) :: electrónica sobre suporte, 4 canais, ca 11’

don’t flinch (2010-11) :: guitarra eléctrica-acústica e computador, 13’30’’

flung me, foot trod (1993-94) :: saxafone alto e electrónica sobre suporte, 2 canais, 9’



Michael Edwards 
Hugo Simões 
Henrique Portovedo
Hugo Simões, Henrique Portovedo, Michael Edwards

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Culture and Sustainability Symposium • 2019 • Lisboa Incomum

Yves Henry • Conferência & Recital • Escola Superior de Música de Lisboa

DME Dezembro • Seia