DME 29







Dias de Música Electroacústica
  Maio - 8 Maio 2016 | Casa Municipal das Artes - Conservatório de Música de Seia

Trata-se da 29ª edição do Festival DME a decorrer na região da Serra da Estrela e a 47ª de todas as edições que decorreram desde a primeira edição do festival (em 2003, em Cracóvia), em lugares como: Brasil, Filipinas, Madrid, Lisboa, Porto, Algarve, e.o.
Esta edição centra-se na criação musical erudita contemporânea (feminina), em particular em território ibérico, contando com a presença de compositoras de diferentes gerações, em partilha e discussão do seu trabalho.
Trata-se também de uma homenagem à compositora Clotilde Rosa, que terá 3 interpretações de obras suas instrumentais, incluindo uma estreia desta compositora pelo Duo Contracello.

PROGRAMA

Sábado, 7 de Maio 2016 - CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DE SEIA - CASA MUNICIPAL DAS ARTES
15h - Tertúlia com os músicos (evento surpresa) | Projecção de obra de Leonor Keil (dança), José Crúzio (realização), e.o.
17h - Concerto - Ensemble DME - Ludovic Afonso, José Pedro Sousa, Carlos Silva | Música de Ângela da Ponte, Ângela Lopes, Clotilde Rosa, Núria Giménez-Comas, e.o.


José Cruzio










Carlos Silva, José Pedro Sousa e Ludovic Afonso


Domingo, 8 de Maio 2016 - CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DE SEIA - CASA MUNICIPAL DAS ARTES
15h Tertúlia com os músicos (evento surpresa)
17h - Concerto - Duo Contracello - Adriano Aguiar, Miguel Rocha | Música de Olivia C. Arteta, Clotilde Rosa, Isabel Soveral, e.o.


Ângela Lopes e Cândido Lima






Duo Contracello - Miguel Rocha e Adriano Lima




DUO CONTRACELLO
O Duo Contracello iniciou a sua actividade em 1993. A receptividade e o sucesso imediatamente obtidos junto do público levaram os seus fundadores a postar na continuidade do projecto. Para além das suas apresentações em Portugal (tais como Festivais de Música de Espinho, de Leiria, Porto 2001 Capital Europeia da Cultura, Centro Cultural de Belém e Festival CRIASONS), o Duo Contracello actuou em Espanha, França (Festival d'Ile de France), Suiça e Estados Unidos da América. O seu repertório, que se estende de Couperin a Berio, é constantemente enriqueceido com obras originais especialmente dedicadas, designadamente por Pedro Rocha, Carlos Azevedo, Evgueni Zoudilkine, Sérgio Azevedo, Paulo Jorge Ferreira, António Victorino D'Almeida e César Viana.
A primeira realização discográfica do Duo Contracello (CD NUMERICA 1055) foi publicada em fins de 1996, contou com o apoio do Ministério da Cultura e inclui obras de Joseph Bodin de Boismortier, Ignaz Pleyel, Gioacchino Rossini e Alexandre Delgado. Foi lançado em Outubro de 2006 o segundo CS - "Duo Contracello II" com obras de Couperin, Keyper, Mozart, Boukinik e Carlos Azevedo. O terceiro trabalho discográfico, lançado em 2011 em parceria com os restantes agrupamentos fundadores de Musicamera Produções, o Quarteto Lopes-Graça e o Opus Ensemble, foi editado pela Numerica (1218) no âmbito do Festival CRIASONS, com o apoio do Ministério da Cultura e da Fundação INATEL.


O Ensemble DME - Collegium Musicum Electroacústico foi fundado em 2013, como elemento integrante do Festival Dias de Música Electroacústica (www.festival-dme.org), criado em 2003, com direcção artística do seu fundador, Jaime Reis. O núcleo central dos músicos do grupo é constituído por professores do Conservatório de Música de Seia - Collegium Musicum e colaboradores assíduos do festival Dias de Música Electroacústica, tendo sido dirigido pelos maestros Jean-Sébastien Béreau e Pedro Pinto Figueiredo e actuado em espaços como Logos Foundation (Gent, Bélgica), Brasil (Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Belo Horizonte, São João Del Rei, Parnaíba, São Bernardo e São Paulo), Palácio Foz (Lisboa), Teatro Cine de Gouveia, Casa Municipal das Artes de Seia, Aeródromo de Santa Cruz (Torres Vedras) e Casa da Música (Porto). O seu repertório tem incidido na música de compositores portugueses como João Pedro Oliveira e Alexandre Delgado e de compositores estrangeiros como Mario Mary, Daniel Quaranta, Gerhard Stäbler, Flo Menezes, Silvio Ferraz, Kunsu Shim, I. Xenakis, Hector Puelma, Keiko Harada e K. Stockhausen.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Culture and Sustainability Symposium • 2019 • Lisboa Incomum

Yves Henry • Conferência & Recital • Escola Superior de Música de Lisboa

DME Dezembro • Seia