Panayiotis Kokoras


O compositor Panayiotis Kokoras estará em Portugal nos dias 9 e 10 de outubro para a realização de conferências e concertos dedicados à sua música.

Atividades

09.10.2018
10H00
Conferência @ ESML





21hH
Concerto @ Lisboa Incomum
Monika Streitová flauta
Nuno Aroso percussão









10.10.2018
14H00
Conferência @ ESART



19H00
Concerto @ ESART
Obras electroacústicas




Conferência
Composing Sound

[EN]
When composing sound, sound replaces the musical note as the fundamental structural unit. Sound is the only form-bearing musical element. It is important to emphasize first the significance of a single sound only, and then its relationship with two or more sounds. When composing sound, the instrument becomes the sound. Emphasis should be given to the precise production of the variable sound possibilities and the exact distinction of one to another in order to be able to convey the musical ideas and structure of the piece. The movements and the gestures that produce the various sounds are not disconnected from the sounds, are not the reason for the sounds but are in fact the sound altogether. Energy, movement, and timbre become one; sound source identification, cause guessing, sound energies, gesture decoding, and extra-musical connotations will not be independent of the sound, but vital internal components of it.

*Conference in English


Biografias

Panayiotis Kokoras é um compositor internacionalmente premiado e inovador na área da música electrónica. É Professor Associado na ‘University of North Texas’. Nascido na Grécia, estudou guitarra clássica e composição em Atenas, Grécia e em York, Inglaterra; ensinou vários anos na Universidade Aristóteles em Thessaloniki (entre outras). As suas composições utilizam o timbre como o principal elemento formal. O seu conceito de "holofonia" descreve o seu objetivo de que cada som independente (phonos) contribua equitativamente para a síntese total (holos). Tanto na escrita instrumental como na electroacústica, a sua música recorre a um "virtuosismo do som", enfatizando a produção precisa de possibilidades sonoras variáveis ​​e a distinção correta entre um timbre e outro, de modo a transmitir as ideias musicais e a estrutura da peça. A sua produção composicional também é informada por investigação musical em estratégias composicionais por recuperação de informação musical, técnicas expandidas, som táctil, realidade aumentada, robótica, espacialização, sinestesia.
A sua produção composicional consiste em 65 obras, desde peças a solo, a ensemble e conjunto orquestral até música mista, improvisação e electroacústica. As suas peças têm sido encomendadas por institutos e festivais como a Fundação ‘Fromm Music’ (Harvard), IRCAM (França), MATA (Nova York), Gaudeamus (Holanda), ZKM (Alemanha), IMEB (França), Siemens Musikstiftung (Alemanha) e foram interpretadas em mais de 600 concertos por todo o mundo. As suas composições foram selecionadas por júris em mais de 130 chamadas de música internacionais e receberam 60 distinções e prémios em competições internacionais, como o Franco Evangelisti Prix 2012 (Itália), Destellos Prize 2011 (Argentina), Prix Ars Electronica 2011 (Áustria) , Métamorphoses 2010 & 2000 (Bélgica), Giga-Hertz Music Award 2009 (Alemanha), Bourges 2009, 2008 e 2004 (França), Gianni Bergamo 2007 (Suíça), Pierre Schaeffer 2005 (Itália), Musica Viva 2005 e 2002 (Portugal), Gaudeamus 2004 e 2003 (Holanda), Jurgenson Competition 2003 (Rússia), Takemitsu Composition Award 2002 (Japão). É membro fundador da Hellenic Electroacoustic Music Composers Association (HELMCA) e de 2004 a 2012 foi membro do conselho e presidente. Atualmente, é o secretário da Confederação Internacional de Música Eletroacústica (CIME/ICEM) e ‘Conference Chair’ do ICMC 2015.

http://www.panayiotiskokoras.com/ 



Monika Streitová

Flautista, investigadora e professora de flauta na Universidade de Évora. Graduou-se com a classificação máxima na Universidade de Bratislava(Eslováquia) no Departamento de Música e Artes Dramáticas, onde se especializou em flauta transversal. Nesta universidade realizou os seus estudos de doutoramento em Interpretação de Música Contemporânea sob a orientação de M. Jurkovic. Realizou investigação científica de pós-doutoramento na Universidade de Aveiro e faz parte de uma unidade de investigação do Instituto de Etnomusicologia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. O seu reportório inclui mais de cem estreias mundiais. Trabalhou, com as estações BBC, ORF2 Viena e BRB Berlim. Gravou 5 CD a solo e 18 CD com vários grupos musicais. O seu CD “Luminiscence”, a solo, recebeu a mais elevada menção por parte da crítica da Rádio 2 da República Checa. “Dual”, o CD com cinco obras em estreia mundial, gravado com a pianista Sofia Lourenço e editado em Março 2008 foi apresentado na Casa da Música no Porto. Tem-se apresentado, quer em projectos a solo, quer em diversas formações, em vários países, destacando-se a Alemanha, Áustria, Brasil, Emirates Árabes, Espanha, França, Holanda, Hungria, Inglaterra, Japão, Polónia, Portugal, República Checa, República Eslováquia e Suíça. A propósito do seu trabalho a revista Ípsilon do jornal o Publico de 27/09/2010 dizia o seguinte: "Destaquem-se ainda os espectaculares intérpretes Monika Streitová (flauta) e Pedro Rodrigues (guitarra), que mostraram que a música contemporânea tem hoje em Portugal soberbos intérpretes à disposição." (Pedro Boléo, musicólogo e crítico de música; Jornal Público). "Monika Streitová e Pedro Rodrigues, tanto enquanto Ensemble como individualmente, mostraram qualidades extraordinárias de interpretação, nomeadamente uma enorme segurança, sensibilidade, garra e capacidade de adaptação a textos musicais de qualidades distintas e diversas.” (Tiago Cabrita, compositor; Espaço para a Crítica da Nova Música, acerca do recital no CCB Lisboa.)
“It was always a great pleasure for me to hear playing of Monika Duarte Streitová, her musicality and sensitivity. I am continuously convicted that Monika Duarte Streitová is a great talent of th fluteplaying, and also a very intelligent and sensible musician.” (István Matuz, Professor of the Debrecen University and International Concert-soloist).

Nuno Aroso



Um dos mais ativos solistas de música contemporânea na atualidade, Nuno Aroso desenvolve a sua carreira focado na investigação com compositores e no fomento da literatura  para percussão.  Tocou em estreia absoluta mais de 120 obras e gravou parte deste repertório em inúmeras edições discográficas. Apresenta-se como professor, investigador, membro de júri e  intérprete em Portugal, França, Alemanha, Bélgica, Espanha, Itália, Eslovénia, Brasil, China, Ucrânia, Tailândia, África do Sul, Argentina, Grécia, Suécia, Inglaterra, Canadá, Bulgária, Tunísia, Escócia, Coreia do Sul, Japão e Chile.  Licenciou-se pela ESMAE com a classificação máxima  e prosseguiu estudos em Estrasburgo e Paris. Doutorou-se com a tese The Gesture´s Narrative – contemporary music for percussion. Leciona atualmente na recém-criada classe de percussão do curso de música da Universidade do Minho e estende a sua atividade docente a outras prestigiadas universidades, conservatórios e festivais de música, um pouco por todo o mundo, promovendo a  realização de masterclasses, comunicações, conferências e seminários: McGill University (Canadá), Universidade Federal de Belo Horizonte (Brasil), Conservatório Superior de Aragão (Espanha), Concorso Musical Paolo Serrao (Itália), Festival de Percussão de Uberlandia (Brasil), Days of Percussion – Athens (Grécia), World Percussion Movement – Bari (Itália), Universidade Federal da Bahia (Brasil), Oficinas da Música de Curitiba (Brasil), Connect Festival – Mälmo (Suécia), Konart Percussion Academy Barcelona (Espanha), Universidade de la Plata (Argentina), Conservatório de Macau (China), Conservatório de Paris (França), Northwestern University (EUA), University North Texas (EUA), Percusión de Patagónia (Argentina), Academia de Percussão de Valência (Espanha),  entre muitos outros. Nuno Aroso é artista Adams, artista Zildjian e toca com baquetas Elite Mallets



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CALL FOR PIECES • Culture and Sustainability Symposium

Culture and Sustainable Cities - International Symposium

Concertos • Spatial Interpretation of Acousmatic Music • International Masterclass