Digressão • Vertixe Sonora Ensemble

Digressão • Vertixe Sonora Ensemble

21 - 23 de Fevereiro de 2020 | Seia, Idanha-a-Nova e Lisboa

O Festival DME - Dias de Música Electroacústica tem a honra de anunciar uma digressão com o célebre ensemble de música contemporânea Vertixe Sonora.


Vertixe Sonora Ensemble é um coletivo flexível que integra solistas de música contemporânea de destaque da Galiza e de Portugal. Desenvolve uma programação diversificada que dinamiza o ecossistema musical europeu, favorecendo o intercâmbio e a coesão através da música do nosso tempo. Quando surge, rapidamente se converte numa referência para a última geração internacional de compositores, que encontra nas suas produções uma oportunidade de desenvolver propostas musicais com uma perspetiva artística global e em permanente busca da excelência artística.

O Festival DME é um projecto financiado pela Direção-Geral das Artes / Ministério da Cultura. Apoios: Instituto de Etnomusicologia - Centro de Estudos de Música e Dança, Câmara Municipal de Seia, Conservatório de Música de Seia, Idanha-a-Nova City of Music, Lisboa Incomum. Esta digressão conta com o apoio da Acción Cultural Española (AC/E). O Vertixe Sonora conta com o apoio Xacobeo 2020 e INAEM/Ministerio de Cultura y Deporte - Gobierno de España. 
Datas, horas e locais:

- 21.02 | 19h00 | Casa Municipal da Cultura de Seia, Seia
- 22.02 | 21h30 | Centro Cultural Raiano, Idanha-a-Nova
- 23.02 | 19h30 | Lisboa Incomum, Lisboa

Programa:

- Sara Carvalho, slumscape (flauta baixo, violoncelo e piano com amplificação) - 6’30

- Paulo Ferreira-Lopes, adE (saxofone soprano e electrónica em tempo real) - 6’

- Juan Camilo Hernández, Émergence de lumières fragmentées (violoncelo, flauta e computador) (2005-2006) - 9’

- Victor Ibarra, Sofferte...lontano (saxofone, violoncelo e piano) - 10'

- Enrique X. Macías (1958-1995), Cadências e Interlúdios / Percurso I (1989-92), (piano, banda magnética e dispositivo electroacústico) - c. 25’

- Ângela da Ponte, Lá No Água Grande (flauta, violoncelo, piano e electrónica) - 6’30

- Terry Riley, In C (ensemble variável) - c. 10’*
*Apenas em Seia. Participação de alunos do Conservatório de Música de Seia e da Escola Profissional da Serra da Estrela.




21.02 | Casa Municipal da Cultura de Seia, Seia



Participação dos alunos do Conservatório de Música de Seia e da Escola Profissional da Serra da Estrela






22.02 | Centro Cultural Raiano, Idanha-a-Nova





23.02 | Lisboa Incomum, Lisboa








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Culture and Sustainable Cities - International Symposium

MIMA - Mostra Inter-Escolas de Música