Residência Artística DME em Castelo Branco · Bertrand Chavarria-Aldrete | Agustín Castilla-Ávila




Temos o prazer de anunciar que os músicos, compositores e artistas plásticos Bertrand Chavarria-Aldrete e Agustín Castilla-Ávila serão os próximos residentes artísticos do Festival DME, desta vez na Fábrica da Criatividade em Castelo Branco entre os meses de Outubro e Novembro de 2020. 

Esta residência é realizada no âmbito do projeto Castelo de ARTES - Encontros de Castelo Branco.


Bertrand Chavarria-Aldrete (México, Espanha) | 15 Out - 2 Nov

Agustín Castilla-Ávila (Espanha) | 22 Out - 12 Nov


Informação sobre os projetos dos artistas


Bertrand Chavarria-Aldrete

A residência artística terá como princípio a exploração da extensão plástica da música. As pulsações dilatadas do som como uma vontade de surgir no espaço, objetos e situações que emergem das mãos do intérprete/critico/criador de um texto musical. 

Bertrand Chavarria-Aldrete é atualmente bolseiro e investigador artístico da extensão plástica da música na Universidade de Lund (Suécia), investigação que começou na Universidade do Porto em Portugal.




Agustín Castilla-Ávila

Durante a residência artística continuarei a escrever a ópera "Cerro Rico”, trabalharei na minha série gráfica “Still Life with Silence” e, principalmente, num concerto para Guitarra e Orquestra de Cordas, a ser estreado no próximo ano no Festival Passauer Saiten na Alemanha.

Terei todo o gosto em realizar quaisquer projectos que possam ser interessantes para a comunidade de Castelo Branco, incluindo performances, improvisar, ensinar, palestras ou exposições.

Agustín Castilla-Ávila é compositor, escreveu música para instrumentos solo, música de câmara, orquestral, peças de teatro, coreografias e cinco óperas de câmara.



Biografias

Bertrand Chavarria-Aldrete

Bertrand Chavarría-Aldrete é um guitarrista, compositor e artista visual mexicano-espanhol, baseado em Paris.

Já se apresentou em diferentes festivais tais como: Time of Music (Finlândia), ContemPuls, Stekávání Nové Hudby Plus (República Checa), Ars Musica (Bélgica), IRCAM, Cité de la Musique, Festival d'Automne a Paris, Fondation Royaumont, Music Festival (França), Festival Internacional de Guitarra do México, Casa da Música, entre outros.

Estreou cerca de 70 obras para guitarra, guitarra e electrónica e guitarra elétrica, trabalhando com compositores como Michael Finnissy, Gérard Pesson ou Rebecca Saunders. Colaborou com o Ensemble Linea, Ensemble Intercontemporain, Ensemble Remix, Ensemble Multilatérale, Ensemble Arcema ou L'Instant donné.

Entre 2006 e 2016, dirigiu a Associação SMASH em Espanha (SMASH ensemble e SMASH Festival Internacional de Música Contemporânea) com foco na disseminação e criação da música contemporânea.

Actualmente é professor no Conservatório Claude Debussy em Paris (17ème arr.) assim como no Conservatório Courbevoie em Paris.


Agustín Castilla-Ávila

Agustín Castilla-Ávila, vice-presidente da Sociedade Microtonal Austríaca (International Ekmelic Music Society), trabalhou como compositor na Europa, Ásia e EUA. 

A sua música foi dirigida por D. Russell-Davies, J. Kalitzke, T. Ceccherini, A. Soriano, H. Lintu and H. Schellenberger, entre outros. 

Escreveu música para instrumentos solo, música de câmara, orquestral, peças de teatro, coreografias e cinco óperas de câmara. 

É editado Doblinger Verlag and Joachin Trekel. 

Em 2013 recebeu o Prémio de Música (Jahresstipendium) da Região de Salzburgo.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Múltiplensemble - Seia | Lisboa Incomum

Hugo Simões "Finding a place to land" - CineEco

Encontro com Bertrand Chavarria-Aldrete | Fábrica da Criatividade