Laboratório de Música Mista José Luís Ferreira | ESML

 


Laboratório de Música Mista José Luís Ferreira | ESML

23 de junho | 19h30 | Lisboa Incomum


   O Laboratório de Música Mista José Luís Ferreira da Escola Superior de Música de Lisboa apresenta-se no Lisboa Incomum dia 23 de junho, quarta-feira, pelas 19h30. 


- PROGRAMA -


Rodolfo Valente - Refúgio (2016)

Para Violoncelo (Florêncio Manhique) e Eletrónica


Mariana Vieira - Reflexo (2017)

Para Tuba (Filipe Santos) e Eletrónica

Encomenda da Arte no Tempo para o projecto “Nova Música para Novos Músicos”.

Curta miniatura didática onde a relação entre um gesto instável, composto de pequenos sons sobrepostos, e um gesto longo, ressonante, formam a dicotomia que dirige a peça. Ambos coexistem, sendo a sua predominância desencadeada pelo material musical apresentado pela tuba.


Marta Domingues - Mantra (2020)

Violoncelo (Pedro do Carmo), Contrabaixo (Fábio Pascoal) e Eletrónica

Esta peça parte de um cântico tradicional indiano, Samaveda, cujaintenção primária é o esvaziamento da mente, de forma a atingir umestado de relaxamento, contemplação e meditação, em comunhão com a simplicidade do vazio, a natureza em si mesma. 

“Mantra” representa um possível processo da mente daquele que ouve ou canta um Samaveda.


Eva Aguilar - Simos (2021)

Para Violoncelo (Pedro do Carmo) e Eletrónica

Simos, somos. 

Creio que perdeu a cabeça.


EcoLab - Unboxing (2021)

Para Contrabaixo (Artur Morais), Oboé (Matilde Reyes), Saxofone (Filipe Fidalgo), Voz (Joana Domingues), Percussão (Madalena Rato), Electrónica (Marta Domingues e Diogo Baptista) e Video (Joana Domingues)


Mariana Ribeiro - Ulyssippo (2020)

Para Violoncelo (Florêncio Manhique), Contrabaixo (Fábio Pascoal) e Eletrónica

Lisboa, em latim Ulyssippo, é a cidade evocada nesta peça para violoncelo, contrabaixo e

electrónica.Os áudios da parte de eletrónica foram gravados na cidade de Lisboa e são captações dobarulho do rio, das ruas, do vento, das obras, da rádio, do fado. 

Ao longo da peça, os instrumentosde cordas associam-se a esses mesmos sons do ambiente da cidade a partir de técnicas como osharmónicos, o uso de trémulos com os arcos, a percussão na madeira dos instrumentos, etc. Aelectrónica expande, simultaneamente, as sonoridades desses mesmos ambientes, reiterando ossons das obras, explorando os sons das gotas de água, alterando o som da rádio, etc. Esta peça, é, deste modo, um retrato sonoro da capital portuguesa, pintado a partir da matéria-prima que são os sons da mesma.


André Simões - Ensaio Perspético (2020)

Para Guitarra (Francisco Alpoim) e Eletrónica

A refração da luz gerada por uma lente consegue alterar o modo como nós apreendemos a realidade. Deste modo, esta peça é um ensaio sobre as refrescantes realidades observadas através de diversas lentes, tendo a eufórica experimentação como principal foco.


Marta Domingues - Aspen Tree (2020)

Para Acordeão (Francisco Martins) e Eletrónica

Soube imediatamente que era possível criar imagens maravilhosas no local... Estávamos na sombra das montanhas, a luz era fresca e sossegada e o vento não estava agitado. Os troncos das árvores de Aspen eram esverdeados e as folhas um amarelo vibrante. O chão da floresta estava coberto de arbustos avermelhados. Era silencioso e visualmente calmo, e seria ideal para uma fotografia a cores.

No entanto, Ansel Adams imaginou-a a preto e branco.

Realidade circunscrita numa fotografia cujo propósito é o seu próprio afastamento.



Entrada gratuita mediante reserva para o email lisboaincomum@gmail.com.



- Laboratório de Música Mista José Luís Ferreira - 

A música mista é um género musical que foi estabelecido desde a segunda metade do séc. XX. Pode ser definida como a junção do meio acústico com o meio electroacústico, mais concretamente: a combinação na performação de um ou mais instrumentos acústicos com sons criados, processados ou reproduzidos electronicamente. 

A prática deste laboratório destina-se a desenvolver competências no domínio da performação da música mista (de reportório ou composta por estudantes de composição especificamente para o grupo), improvisação e experimentação.

O Laboratório de Música Mista José Luís Ferreira, formado em 2014, conta já com diversas actividades desde a sua criação, das quais se destacam os concertos e audições informais na ESML, concertos no festival Música Viva, residência artística no O'culto da Ajuda, participação na Semana da Composição da ESML, participação em concertos da Conferência Internacional “Old is New”- organizada pelo CESEM, Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical em parceria com a ESML.

O Laboratório de Música Mista foi criado pelos professores José Luís Ferreira e Carlos Caires sendo actualmente orientado por Jaime Reis e Carlos Caires.




















Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Residência Artística DME - Seia 2021

MIMA - Mostra Inter-Escolas de Música

MONOPASS