CD Wonderland

  


Lançamento do CD "Wonderland"
by Machina Lírica Duo

21 Dez | 18h | Lisboa Incomum

O fonograma Wonderland foca-se no repertório para flauta e guitarra proveniente de três gerações de compositores checos, com estéticas bastante diferentes. Algumas destas obras surgiram como resultado de uma amizade profunda e de uma estreita colaboração profissional entre cinco compositores e os membros do Duo Machina Lírica. Destas oito gravações, quatro delas são estreias. A peça central, Wonderland.End, de Michal Rataj, foi estreada no Festival Música Viva, em Lisboa (2010). WONDERLAND é o terceiro projeto fonográfico destes dois músicos, após Machina Lírica, editado pela Slovak Records. Os autores das peças para flauta e guitarra, representadas neste CD, abordaram cada composição de uma maneira muito pessoal. Técnicas contemporâneas de tocar o instrumento aparecem em cada composição, sendo uma delas enriquecida por sons electroacústicos, por electrónica em tempo real. Este conjunto de gravações é bastante variado e diverso, oferecendo uma cor sonora proveniente da simbiose entre a flauta e a guitarra. Em conjunto com a colaboração com os compositores, o Duo Machina Lírica teve a honra de ter a contribuição muito especial das pinturas digitais de Brigitte Schùermans (Bélgica) e poesia de Miguel Mesquita da Cunha (França/Portugal). Estas criações foram inspiradas diretamente pela audição da gravação deste disco, formando uma parte inseparável deste projeto, devido à sua profunda sensibilidade, e ressonância com os sons musicais. 



Duo Machina Lírica


Machina Lírica Duo estreou-se no prestigiado Festival Música Viva (Lisboa) e a dupla recebeu de imediato excelentes críticas tanto do público como da imprensa: “De realçar os espectaculares músicos Monika Štreitová (flauta) e Pedro Rodrigues (guitarra) que mostraram como a cena musical contemporânea tem músicos soberbos em Portugal. ” (Jornal Público, Lisboa). A inspiração para o nome do conjunto veio da coleção de poemas homónima do poeta pós-surrealista português Herberto Hélder. A combinação incomum das duas palavras lírico e máquina reflete a natureza essencial do ideal musical do conjunto - o músico como uma máquina com alma e espírito - e ordena a seleção estrita de seu repertório.


Monika Štreitová e Pedro Rodrigues estrearam mais de 200 obras, muitas das quais a eles dedicadas. As obras variam de peças solo a solo com eletrónica, duos, formações mais amplas de música de câmara e concertos orquestrais. Esses dois músicos continuam a apresentar-se, como solistas e em duo, como Duo Machina Lírica em salas de concertos renomadas como Carnegie Hall de Nova York, Salle Cortot (Paris), National Concert Hall (Taipei), Ateneo (Madrid), Endler Hall (Cabo Vila), Centro Cultural de Belém (Lisboa), Fundação Gulbenkian (Lisboa), Casa da Música (Porto), Auditório de Manuel de Falla no Real Conservatorio Superior de Madrid, Auditório Principal do Senzoku Gauken College of Music de Tóquio e vários festivais de música contemporânea, incluindo o Outono de Varsóvia, Elektronische Frűhling em Viena, Música Viva em Lisboa, Coimbra e Porto, Melos-Ethos, o Festival Musical de Bratislava, Forfest Kroměříž, os Dias de Ostrava de Música Nova, Noites de Música Nova Bratislava, Dni Muzyki Kompozytorów Krakowskich, Festival Internacional de Música Contemporânea de Cracóvia, Festival da Silésia de Katowice, Festival de Século XX e XXI, festival City of London, Festivais de Outono Aveiro, Festival Internacional d e Música Contemporânea de Salvador (Brasil) e Flamenco Colors, Olomouc. Para além das suas actuações ao vivo, também foram gravadas pela Antena 2, RTP, Czech Radio e Czech TV. Em 2013, em colaboração com a Slovart Music Publishers, o conjunto lançou o CD “Ibéria”, muito apreciado pela crítica musical. As composições gravadas foram frequentemente difundidas nas rádios checas, eslovacas e portuguesas e utilizadas em programas de televisão.





Fotografias: Jindřich Štreit  















Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Flo Menezes | Composition Masterclass

Newsletter